Conheça Leomord, um dos heróis de Mobile Legends

0
294

Em um dia muito diferente dos de hoje, Tigreal e suas Forças Expedicionárias da Luz atacaram a Fortaleza do Desespero, em Necroguarda, com todas as suas forças, e rapidamente dizimaram muitos dos mortos-vivos que espreitavam lá. Após essa derrota devastadora, Vexana percebeu que precisava encontrar um aliado formidável, que pudesse enfrentar o Guerreiro da Luz de frente, ou então ela acabaria derrotava. Vexana andava de um lado para outro enquanto ela ponderava cuidadosamente, se perguntando quem tinha força para derrotar Tigreal. De repente, uma imagem vívida de um rosto de muito tempo atrás apareceu em sua mente — Leomord.

Há muito tempo, a Fortaleza do Desespero era na verdade o centro de um reino bonito e rico. Leomord e seus Cavaleiros Reais fizeram um juramento para proteger seu Rei e a Rainha, que na verdade era Vexana. Qualquer invasor que ousasse atacar o reino não poderia evitar a morte sob a espada de Leomord, O Guardião do Juramento. No entanto, um dia a Rainha foi corrompida pelo Abismo e o reino ficou em ruínas. Esse foi o dia em que Vexana transformou todas as criaturas do reino em mortos-vivos. Leomord caiu em grande desespero. Mesmo se ele pudesse eliminar sozinho todo o mal do reino, ele não poderia erguer sua espada contra a mulher que já foi sua rainha. Ele não suportava ver o reino que amava e jurou proteger cair em ruínas. Depois de perder toda a esperança, Leomord tirou a própria vida de tristeza e pesar.

A força e a determinação de Leomord queimaram tanto em vida que Vexana não conseguiu controlá-lo em espírito. No entanto, uma vez que a Fortaleza do Desespero enfrentou grande perigo, ela não teve escolha a não ser acordá-lo. Quando ele ressuscitou dos mortos, Leomord sentiu que sua alma estava cheia de quantidades torturantes de dor e desespero. Sussurrando docemente em seu ouvido, Vexana disse a Leomord que os mortos-vivos que estavam diante dele eram o povo outrora amado, que ele jurara proteger. Ela avisou que, se ele não protegesse Necroguarda, então todas aquelas almas inocentes sofreriam a condenação eterna.

Leomord ficou indignado, mas não teve escolha. Ele preferiu ser um escravo da feitiçaria de Vexana do que assistir seus compatriotas sofrerem outro dia. Leomord convocou seu amado cavalo, Barbiel, e sua famosa espada, A Guardião do Juramento.

Assim que as Forças Expedicionárias da Luz atacaram a horrível Fortaleza do Desespero, Leomord e Barbiel atingiram os invasores com um raio negro. Muitas das Forças Expedicionárias da Luz foram dizimadas. Ninguém poderia resistir à espada de Leomord, ou assim pensavam. Tigreal ficou parado em desafio com sua Espada da Aurora, empunhada contra Leomord. Enquanto suas armas se chocavam, Tigreal podia sentir a dor e o desespero de Leomord vindo de sua espada. Naquele dia, Tigreal sabia que havia encontrado um dos adversários mais fortes que ele já enfrentaria.

A batalha durou muito mais do que o esperado. Ambos os exércitos sofreram inúmeras perdas e ainda estavam lutando. Enquanto Tigreal lutava duramente com Leomord, ele percebeu que não haveria fim para aquela batalha, e que ambos os exércitos continuariam lutando até que um deles fosse totalmente eliminado. Acima de tudo, Tigreal temia que, se um deles fosse derrotado, provavelmente seria o Exército Imperial.

E Leomord, pela primeira vez, foi páreo para Tigreal. Mesmo enquanto os dois continuavam seu combate feroz, eles não podiam derrotar o outro. Tigreal sentiu que Leomord era igualmente forte, senão, ainda mais forte do que ele. Ficando cada vez mais exausto após horas de luta, ele convocou todas as suas forças e golpeou Leomord com sua espada, na esperança de obter um golpe mortal. Mas, Leomord bloqueou seu ataque, ainda que tenha sido jogado para trás. Tigreal olhou em volta e percebeu o eterno derramamento de sangue. Ele ficou triste ao ver seus homens sendo derrubados sem piedade. Ele percebeu que tinha apenas uma opção — marchar de volta, ele ordenou, o que restava de seu exército, para recuar, esperando que os soldados mortos-vivos não avançassem para outro ataque, contra seu exército em retirada.

Enquanto Tigreal e os outros guerreiros recuavam, Leomord compartilhou um breve olhar com Tigreal, enquanto ele impedia os soldados mortos-vivos de avançarem para mais derramamento de sangue. Embora Leomord soubesse que, com mais um movimento ofensivo, ele poderia derrotar Tigreal e o resto do exército Imperial definitivamente, não pensava que seria a escolha mais sábia. Desde então, não resultaria apenas em uma grande rivalidade entre Necroguarda e todo o Império Moniyano, mas também porque ele conseguia se ver em Tigreal. Afinal, ele também liderara um exército, o exército do Cavaleiro Imperial, assim como Leomord já havia liderado liderou os grandes exércitos de Necroguarda.

Compre Créditos em Jogos & Gift Cards Online

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here